Saúde & Bem-Estar

O Azeite é muito apreciado desde a antiguidade pelo seu valor gastronómico, pelas suas características químicas, biológicas e organolépticas, mas também porque as suas propriedades preventivas e terapêuticas fazem dele uma gordura absolutamente insubstituível.

 

O Azeite Virgem conserva o sabor, o aroma, as vitaminas, os antioxidantes, sendo a única gordura vegetal que pode ser consumida, directamente, virgem e crua.

 

Estudos realizados provaram que países onde a dieta é tradicionalmente rica em Azeite, como a que se verifica nos povos mediterrâneos, têm uma incidência muito menor de doenças cardiovasculares.

 

O Azeite é uma gordura essencialmente monoinsaturada, rica em vitamina E e outros antioxidantes naturais (caroteno e polifenóis) que ajudam o nosso organismo a defender-se dos “radicais livres” responsáveis pelo envelhecimento celular, prevenindo os efeitos nocivos da idade sobre as funções cerebrais e o envelhecimento dos tecidos e órgãos em geral.

 

O Azeite tem uma composição em ácidos gordos essenciais que se aproxima da do leite materno e que proporciona o seu fornecimento adequado, atendendo às necessidades de um organismo em crescimento.

 

É a mais digestiva das gorduras. Absorvido antes de uma boa refeição protege as mucosas do estômago e protege-o contra as úlceras. Tomado como laxante (1 ou 2 colheres de sopa em jejum, com ou sem limão ou café) não irrita o intestino, não contrai demasiado a vesícula, não cria hábito. Actua nas doenças das vias biliares e da vesícula.

 

Mercê do seu ácido oleíco (que se metaboliza facilmente) é uma excelente fonte de energia, inclusive para um coração doente. Contrariamente às gorduras animais saturadas reduz o "mau" colesterol (LDL) no sangue, mantendo o nível do "bom" colesterol (HDL).

 

O Azeite, pelo seu alto teor em ácidos gordos monoinsaturados, é também aconselhado na diabetes, influenciando positivamente os valores de açúcar e gordura no sangue. A nível ósseo, favorece a mineralização, estimulando o crescimento e favorecendo a absorção do cálcio. Também pode proteger de alguns tipos de cancro, particularmente o da mama.

 

 

Saúde - porque devemos comer azeite

 

É constituído entre 55 a 80% por ácidos gordos monoinsaturados (pobre em ácidos gordos saturados).

 

Fornece de forma adequada os ácidos gordos essenciais:

 

- Ácido Linoleico

- Ácido Linolénico

- Ácido Araquidónico

 

É rico em antioxidantes:

 

- Tocoferóis

- Polifenóis

 

Benefícios:

 

- É rico em vitaminas lipossolúveis A | D | E | K

- Não eleva a taxa de colesterol total (Efeito anti-colesterol)

- Diminuir o risco de enfarte (aumenta as lipoproteínas de alta densidade (HDL))

- Diminui a agregação das plaquetas sanguíneas, reduzindo o risco de trombose

- Têm influência benéfica sobre a função biliar

- Previne a osteoporose

- É ideal para as conservas e pratos pré – cozinhados, devido à grande resistência à oxidação

- É a gordura ideal para fritos, já que resiste bem às mais altas temperaturas (temperatura crítica 210º C)

 

Pediatria

 

- Semelhante ao leite materno pela sua percentagem de ácido linoleico, responde às necessidades de um organismo em crescimento. A sua acção emulsiva sobre as mucosas, faz dele uma indicação excelente na gastroenterite infantil. Limita as deficiências em ácidos essenciais ao desenvolvimento do cérebro da criança.

- Favorece o normal crescimento ósseo

- Regula o trânsito intestinal | ideal para a prisão intestinal das crianças

 

Gerontologia

 

- Previne os efeitos nocivos da idade sobre as funções cerebrais e o envelhecimento dos tecidos e órgãos em geral

 

Beleza

 

- Nutre a pele, protege-a, suaviza-a, conserva a juventude da face e corpo

- Desde a antiguidade que se usa em unguentos, banhos, massagens, máscaras de beleza ou champôs.

- Colocado na boca, preserva a tonalidade branca dos dentes e fortifica as gengivas.

 

Gourmet

 

- Propriedades Organolépticas

 

 

Vantagens do Azeite Virgem Extra

 

Na produção do Azeite Virgem Extra apenas com recurso a pressão física sobre a azeitona, todo o processo é realizado sem adição de produtos químicos, preservando assim os compostos antioxidantes naturais presentes na azeitona.

Indústria

Marca Própria


© 2015 JCCoimbra Distribuição. Todos os Direitos Reservados. Ajuda | Mapa do Site | FAQ

Prémios JCCoimbra - Bienal 2009
Social Network